Três casas de Paulo Mendes da Rocha – palestrante Hugo Segawa – via Zoom

Três casas de Paulo Mendes da Rocha

Data: 18 de junho de 2020

Hora: 6:00 pm CCS Time (GMT – 4)

Palestrante: Hugo Segawa

Moderadores: Hannia Gomez  l  Frank Alcock

Este ciclo é organizado pelo Centro Cultural e Docomomo Venezuela e terá lugar todas as quintas de 11 de junho a 2 de julho de 200, às 6:00 h CCS Time (GMT-4 )
Inscrições: https://trasnochocultural.com/

Até agora, a melhor vacina para prevenir o contágio foi criada por arquitetos: a casa
Docomomo International.

Docomomo Venezuela, tem o prazer de convidá-los para a conversa “Três casas de Paulo Mendes da Rocha” a ser proferida por Hugo Segawa no âmbito do ciclo online roxas + olhares: uma nova primavera para a casa moderna, organizada conjuntamente com o Trasnocho Cultural ..
Nestes tempos, a casa é mais do que nunca nosso mundo comprimido. A casa agora é nossa cidade. Depois de ter se tornado a principal fortaleza e refúgio para a sobrevivência do homem, os temas da casa moderna voltam, numa nova e inesperada primavera, unidos às aspirações da arquitetura contemporânea, como medicina para o corpo e para a alma. A casa moderna e suas epopeias projetuais, suas poéticas e sua resposta à higiene, ao clima, ao local, à arte, à técnica, às formas de viver, e hoje, às exigências do mundo pós-pandemia.

Hugo Segawa oferecerá suas reflexões sobre uma trilogia de casas modernas que falam com seu coração neste momento: três casas do arquiteto Paulo Mendes da Rocha (Vitória, Espírito Santo, Brasil, 1928). Primeiro, “uma grande casa dos anos 70 projetada para o dono da galeria de arte”; depois, “uma casa para um engenheiro construído no final dos anos 80 com vigas pré-moldadas de betão, dentro do típico espírito da industrialização moderna” e finalmente “uma terceira pequena casa, já demolida, para um artista plástico, também dos anos 1970”. Casas onde “chama a atenção uma certa radicalidade na compartimentação dos espaços, como uma dissolução do modo de viver nas casas chamadas ‘burguesas'”. Um novo tipo de “fortaleza”.

Hugo Segawa é arquiteto, professor da FAU USP – Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, membro do Observatório da Arquitetura Contemporânea Latino-Americana. Foi Coordenador de Docomomo Brasil entre 2003 e 2008 e membro do Advisory Board da Docomomo International entre 2004 e 2008. Tem várias obras publicadas nos Estados Unidos sobre a arquitetura do Brasil e em Espanha com a editorial Gustavo Gili sobre arquitetura latino-americana.

Arquitetos Hannia Gomez e Frank Alcock são Presidente e Vice Presidente da Docomomo Venezuela, respectivamente.

A fundação Docomomo Venezuela é o grupo de trabalho oficial da Venezuela para a DOcumentação e COnservação internacional de edifícios, sites e bairros do MOvimento MOderno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *